Convites de Casamento – Faça Você Mesmo

Casar sem grana é possível – e, de vez em quando, a falta de verba pode fazer essa data tão importante ganhar ares bem… personalizados. Afinal, quem conta com orçamento enxuto não procura por cerimonial para ajudar em absolutamente todos os preparativos de casamento, por exemplo, e acaba fazendo a festa e a cerimônia a seu próprio gosto. Apesar de ser um pouco trabalhoso, esse tipo de casamento “faça você mesmo” tem todo um charme e, claro, geralmente um bom resultado. Até os detalhes mais importantes, como os convites e os docinhos de casamento, podem ficar com a cara dos noivos quando falta um dinheirinho para investir no produto, ou até mesmo se confeccionar o próprio convite seja a primeira opção do casal.

 

Convite de Casamento - Faca vc mesmo

Convite de Casamento – Faca você mesmo

Muitos sites na internet dão tutoriais de como confeccionar seu próprio convite de casamento, e acredite: não precisa ser um mestre de photoshop para colocar toda a magia da data em uma folha de papel. Para quem tiver paciência, a melhor opção é tentar aprender no photoshop, já que é essa a principal ferramenta que as empresas de convite usam e o dinheiro investido será somente para o custo de produção da gráfica (isso é, para quem tem o programa photoshop. Quem não tem pode comprar ou usar uma versão gratuita de 30 dias). Além de tudo, o fazer você mesmo no photoshop garante um resultado final totalmente tendencioso, o que significa que o convite vai ter a cara dos noivos, e não apenas fazer parte de uma produção generalizada.

Outra forma bacana de fazer o próprio convite – e uma das melhores dicas de casamento para que os convidados não marquem nada antes da data, é o famoso “save the date”, que anda na moda ultimamente. É um convite simples, apenas pedindo para que o convidado não marque nada na agenda no dia do seu casamento, porque vai ter festa. Dá pra mandar esse convite via correio, e-mail ou até fazer mais personalizado, como um “save the date” de chocolate ou com flores. Essas duas últimas opções não garantem economia, mas são divertidas e também cumprem bem o objetivo. Mas lembre-se: o “save the date” deve ser entregue, com pelo menos, 5 meses de antecedência do casamento, principalmente, quando a cerimônia estiver marcada para datas que coincidem com feriados ou período de férias – só assim o “save the date” cumprirá seu papel.

Vídeo que ensina a fazer um convite de casamento artesanal

Encontramos um vídeo no Youtube que mostra em detalhes como fazer um convite de casamento artesanal. Quer exemplo de “Faça você mesmo” melhor do que esse? Pois bem, nesse vídeo do programa Vida Mulher da Rede Vida, você aprenderá a fazer o convite de casamento com rendas, algo que está em alta no mercado de convites de casamento. Para fazer esse convite, basta escolher um papel com estampas de flores, um lindo laço e uma transparência onde serão impressos os dados do casamento – o mais legal é que você encontra a transparência em qualquer papelaria e você poderá imprimir em casa! Um convite 100% feito por você. Veja mais detalhes no vídeo:

Não importa como você vai fazer o convite, o importante é que ele tenha a sua cara e vá passar para a frente seus bons sentimentos em relação à data. Opções é o que não faltam para fazer um bom convite. Coloque a imaginação para fluir e se dedique a algumas horinhas na frente do computador e pronto: seu sonho de ter um convite com a sua cara será realizado.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

One Response

  1. quandoamanhecer11

Leave a Reply