Alianças de Casamento e Noivado

Encontrar o par de alianças perfeito pode ser um desafio para a maioria dos casais que planejam se casar. Antigamente, as opções eram escassas e praticamente um único modelo era comercializado.  Atualmente com o uso da tecnologia e design, diversas empresas se especializaram no segmento, oferecendo uma grande variedade de modelos, com diferentes larguras, quantidade de diamantes e formatos.

A Reisman Alianças, uma das principais fabricantes de alianças do Brasil, é uma das pioneiras nesse mercado, com mais de 200 modelos para todos os gostos. No entanto, antes de adquiri-las, é muito importante ter em mente alguns pontos, começando pela preferência de design do casal. Nessa etapa, é fundamental decidir formato da aliança (reto, abaulado ou côncavo), seguindo pela largura das alianças e diamantes. Vale lembrar que para dedos curtos e finos, o ideal é que a largura não ultrapasse 7mm, mantendo dessa forma uma harmonia e proporcionalidade.

Além da beleza do produto, é essencial que ele seja confortável. Por isso, sempre opte por modelos anatômicos (arredondados na parte interna). Separamos abaixo algumas sugestões de modelos com todas estas características, confira:

Sobre a tecnologia, pergunte sobre o método de fabricação. Hoje, o modo mais avançado de fabricação são as alianças sem solda. Com isso, as alianças não terão nenhum metal de baixo teor (que é utilizado em alianças com solda), além de uma qualidade muito superior. Como exemplo, temos o caso de ajuste de numerações, alianças sem solda possuem uma estrutura muito superior para tais modificações, sem danificar o produto.

Por fim, busque informações sobre a empresa, tempo de mercado e principalmente quanto a garantia oferecida sobre o produto, que sempre deve acompanhar o certificado de autenticidade do ouro 18klts 750 e dos diamantes naturais.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

3 Comments

  1. Carol Mendes
  2. Vanessa
  3. Pamela Ferndes

Leave a Reply